lugar do conhecimento

ciência, tecnologia e muito mais…

Sociedade Portuguesa de Física lança blogue Outubro 14, 2008

A Sociedade Portuguesa de Física (SPF www.spf.pt) em colaboração com o  Jornal Expresso (edição online www.expresso.pt) lançou recentemente um blogue sobre ciência/divulgação científica.

Podem visitar o blogue AQUI e/ou subscrever o RSS AQUI.

……

 

Carlos Fiolhais é o português com artigo mais citado Agosto 4, 2008

Embora possa ser uma notícia de relevo, há quem nos comentários a esta notícia conteste o destaque dado ao facto descrito no artigo:

.

04.08.2008 – 14h04 – Enganador…, Nowhere

O titulo da a impressao (errada) que e’ o artigo mais citado a nivel mundial de sempre, quando e’, na verdade, apenas o artigo mais citado com um (co)autor portugues. Talvez tambem nao fosse ma ideia ver o restante curriculo do Prof. Fiolhais… ai rapidamente se chegaria a conclusao que a sua participacao neste artigo foi um acasado da sorte. Por outro lado, o CV de John Purdue contem varios artigos do mesmo nivel…. (…)

.

Artigo do Jornal Público:

.

O físico Carlos Fiolhais é o cientista português com o artigo mais citado em todo o mundo. O investigador da Universidade de Coimbra é co-autor com o físico John Perdew de um trabalho com mais de 5600 citações.
O artigo foi publicado em 1992, na revista norte-americana “Physical Review B”. John Perdew, da Universidade de Tulane, em Nova Orleães, nos Estados Unidos é o primeiro autor de um estudo que apresenta uma fórmula inovadora que descreve a energia de um sistema electrónico.
O artigo tem como título: “Atoms, Molecules, Solids, and Surfaces: Applications of the Generalized Gradient Approximation for Exchange and Correlation”. Ao longo de mais de 15 anos, tem servido de “referência essencial numerosos grupos de investigação de todo o mundo”, refere uma nota hoje divulgada pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) a que Carlos Fiolhais está ligado.
“Os artigos sobrevivem quando se revelam úteis num ou, melhor ainda, em diversos domínios”, afirma o físico português. A fórmula foi “adoptada por praticamente todos os programas de modelação molecular” e 5.600 citações é considerado “um número completamente fora do comum para trabalhos científicos”, explica.
O artigo é “um filho que sobe na vida”, explica Carlos Fiolhais, acrescentando que “um pai só pode ficar orgulhoso”. A fórmula trabalhada por Carlos Fiolhais e John Perdew tornou-se muito útil em áreas distintas da Ciência e da Tecnologia, como a Biologia, Medicina Molecular, Farmácia, Física, Química, entre outras.
Tem sido particularmente usada no campo da nanotecnologia, a engenharia que realiza a modelação e o fabrico de sistemas à escala molecular.
Segundo a base de dados Web of Science do Institute for Scientific Information, empresa norte-americana que regista as publicações científicas e mede o seu impacto, é o artigo português com mais impacto na ciência mundial.
Na lista dos artigos científicos portugueses mais citados estão trabalhos da área da Medicina, com destaque para investigações sobre o cancro e a sida.

……

 

Propriedade intelectual Julho 28, 2008

Artigo de opinião de António Câmara no Jornal Expresso de 26 de Julho de 2008

.

Bobby Knight, o lendário treinador de basquetebol, dizia que todos querem vencer, mas poucos são os que estão dispostos a prepararem-se para o fazer. No mundo tecnológico, essa preparação consiste em desenvolver propriedade intelectual: patentes, marcas, direitos de autor, e outras formas de protecção.

Pode-se não gostar desta realidade, mas ela é dominante no principal mercado mundial: as empresas americanas detém impressionantes portfólios de propriedade intelectual.

A propriedade intelectual não é utilizada apenas para protecção contra potenciais usurpadores. Existem diversas alternativas para a sua exploração documentadas em cursos como o referido em http://www.exed.hbs.edu/programs/ip/.

Empresas como a IBM têm demonstrado que a rentabilização óptima da propriedade intelectual passa pela sua utilização em serviços ou na criação de produtos. O desenvolvimento, “marketing” e venda dos serviços ou produtos podem ser conduzidos internamente ou em regime de contratação externa, mas a gestão do processo deverá ser sempre da empresa detentora da propriedade intelectual.

Um vice-presidente de uma das maiores empresas tecnológicas americanas dizia, numa recente visita a Portugal, que as empresas devem ser geridas considerando três fases: a execução (no presente); a investigação (preparando o médio prazo); e a visão (para o longo prazo). A paisagem das patentes registadas (disponível via http://www.google.com/patents) deve condicionar a definição da visão e programas de investigação de uma empresa, de modo a beneficiar a sua execução futura.

A investigação académica (em Portugal e em muitos outros países) está frequentemente dissociada dessa paisagem, construída globalmente por actores não necessariamente universitários. Esta dissociação limita as contribuições da Universidade para o crescimento de empresas existentes e na criação de novas empresas competitivas.

António Câmara
Presidente da Y-Dreams

……

 

The Times põe online os seus arquivos desde 1785 Junho 27, 2008

O jornal The Times colocou ontem online o seu arquivo de 200 anos de notícias, anúncios e fotografias – de 1785 a 1985.

ver link do arquivo AQUI

 

Jornal da Madeira e Alberto João Jardim Junho 24, 2008

Hoje fui surpreendido por esta notícia: Presidente do Governo Regional desafia Sócrates. Embora não sejam novidade as provocações constantes de Alberto João Jardim aos Governantes do Continente, o conteúdo desta notícia conseguiu surpreender-me: a média de Financiamento do Governo Regional da Madeira a um dos jornais da região, Jornal da Madeira (pelo que dizem é o jornal do regime), é da ordem dos 6200 euros por dia. Não, não me estou a equivocar, embora possa parecer não confundi este número com o ordenado diário de Cristiano Ronaldo. Depois assiste-se às reclamações de Alberto João Jardim relativamente aos cortes orçamentais a que o arquipélago é sujeito. Talvez se em vez de dar dinheiro ao jornal dos “amigos” procurasse apoiar empresas (de não amigos) que gerassem empregos alternativos aos empregos tradicionais associados ao turismo de luxo, os governantes do continente lhe confiassem mais dinheiro…Enfim… Fica o desabafo…. :s

Noticia Expresso AQUI

 

Há cérebros que não percebem quando é preciso parar de comer? Abril 15, 2008

As pessoas com excesso de peso podem não saber quando e quanto é suficiente nos seus estômagos. Uma investigação que recorreu a imagens do cérebro revela como as “mensagens” de saciedade podem ser entregues ao organismo com diferentes tempos de intervalo o que levará a que algumas pessoas continuem a comer mesmo depois de “cheias”.

continuar a ler esta notícia do Jornal Público AQUI

 

Jornal Avante! clandestino Abril 13, 2008

Filed under: sociologia — RM @ 8:06 pm
Tags: , , , , , ,

Já estão disponiveis na Internet as edições do jornal Avante publicadas durante os anos da clandestinidade.

Os jornais abrangem os períodos de 1931 a 1974 e marcam a história comunista de oposição ao fascismo.

ver as edições disponíveis em pdf AQUI

ver vídeo da notícia RTP AQUI

:

 

 
Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.